quinta-feira, 5 de março de 2015

Seja vintage você também #aletradaspessoas

Já reparou que hoje em dia, a gente só precisa de fato escrever quando precisa assinar alguma coisa? Digo escrever a moda antiga, de próprio punho, letrinha cursiva, que faz a gente lembrar-se daquele caderno de caligrafia da época da escola?
Então, num mundo em que receber um sms ou ligação já é considerado uma forma extremamente pessoal e por vezes carinhosa de se comunicar. Imagina, nos dias de hoje receber uma carta ou até mesmo um bilhetinho! Qual foi a última vez que você recebeu ou escreveu um?
Eu particularmente sou uma amante da escrita. O hábito de escrever recadinhos e utilizar agenda de papel para os compromissos do dia a dia, não ficaram para trás. Quando falamos em material escolar e papelaria, eu viro criança novamente! Canetinhas, papéis, cadernos, bloquinhos... Me de tudo isso e veja uma pessoa de olhos brilhantes de felicidade, haha.
Recentemente, meio que sem querer a designer carioca Clarinha Gomes, deu o ponta a pé a uma corrente que nos faz refletir: “uma coisa que a gente não conhece mais: a letra das pessoas”.

Já pensou? Quantas pessoas você seria capaz de identificar apenas pela letra? Nessa época onde whatsapp é Rei, fica difícil responder a essa pergunta não é?

Para talvez consertar esta lacuna, a corrente #ALetraDasPessoas já viralizou na grande rede. O objetivo do movimento é bem simples: você deve escrever à mão em um pedaço de papel "Uma coisa que a gente não conhece mais: a letra das pessoas. Esta é a minha." e assinar. Simples não é? O assunto já virou tema em diversos portais e só no Instagram já foi postado por mais de 16 mil pessoas (até às 20h).

Post da designer Clarinha Gomes

Tudo começou no último domingo (01) quando Clarinha Gomes se deparou com a lista de compras de uma amiga e postou a seguinte frase: "Com toda a sua cadência, particularidades, incongruências, hesitações... Eu adoro a letra. #aletradaspessoas". Na mesma hora, vários amigos mandaram as suas e daí pra frente você já sabe a história.
Perguntada pelo Diário de Pernambuco se ela conhecia a letra dos amigos, a resposta foi negativa. "Conheço a letra de amigos mais antigos e de alguns parentes. Acho que isso é um dos apelos da tag, é uma relação afetiva. Só pessoas íntimas conhecem a letra umas das outras. Virou uma coisa 'vintage', né?".

Nossas clientes da Tha & Tha, certamente já conheciam antes a letrinha que postei no Instagram, pois sempre faço questão de junto do pedido enviar um bilhetinho, com um recadinho pessoal. Acho uma forma muito bacana de expressa nosso carinho .


Minha participação na corrente #aletradaspessoas


Desafiei a participar da corrente: a Bruninha Costa do Blog Segredos de Garota, a Bella Pessoa que é uma super artista e super fofa, A Aninha do Blog da Mini Cutxi e a nossa cliente VIP VIPíssima (sem ciúmes, rs) Noelle Lira, que é professora e Social Media. As meninas já começaram a postar as suas letrinhas. Deixo aqui o meu agradecimento a Clarinha, que acabou criando uma corrente tão linda e saudosista.  Vamos participar também?  

Post da Bella Pessoa


Post da Bruna Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar em nosso post, sinta-se convidado a voltar mais vezes. =)