sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Meu Cantinho: Hora de dormir.

O próximo produto da minha Wishlist, não é nenhum acessório, sapato, roupa ou maquiagem, é uma bela de uma cama de casal king size, rs. Cresci rodeada por revistas como a Casa Cláudia e Arquitetura e Construção, meus pais, apesar de não serem ligados profissionalmente a área, sempre foram apreciadores desse tipo de leitura e eu não sou nenhum pouco diferente, quando o assunto é DECORAÇÃO. Amo de paixão o tema, e sonho com o dia que eu terei meu próprio cantinho para decorar do jeitinho que eu quero.

Meu sonho: Cama de novela, rs. 

Mudei-me esse ano para Recife, longe da família e dividindo apartamento com as amigas. Casa de estudante: leiam-se poucos móveis, ou uma decoração bem clean (um colchão inflável na sala, tv, mesa de plástico e banquinhos do mesmo material) como gostamos de chamar, hahaha (Beijo Camila e Flávia). Mas o quarto... ah o quarto, o quarto é o nosso mundinho, a possibilidade de concretizar em objetos um pouquinho do que a gente é. Não tenho certeza se esta citação é de fato da Martha Medeiros, mas é exatamente o que eu penso quando se tratar de decorar. De nada adianta um ambiente lindo, mas impessoal, onde nada ali se relaciona com o dono. Decoração é isso, é embelezar não só a atmosfera, mas também os nossos olhos.

        E esse “arrudêiu” todinho é pra dizer que o único cantinho da casa, que poderia ter de fato minha cara, não o tem! No momento, meu quarto não passa de um amontoado de móveis sem nenhuma correlação, rodeados de paredes pintadas por uma cor, que não fui eu que escolhi (o apt. é alugado). Diante dessa frustração e da situação econômica desfavorecida da minha pessoa, enquanto mestranda bolsista, decidi procurar alternativas que pudessem encher meus olhos de alegria e meu bolso de felicidade, hahaha. 
Decidi começar pela cama, estou precisando de uma nova há muito tempo, a minha atual, acredito que nem o lixo queira. Comprarei a cama! Mas logo me afligiu o fato de não ter Realidade$ para comprar uma cabeceira. Cama sem cabeceira, aquele vazio... ixi, me aflige, rs. Assim surgiu a ideia desse post, procurar alternativas, com a ajuda do Tio Google, para cabeceiras de cama, bem econômicas. Achei inúmeras, bendito seja o oráculo, você pergunta ele responde: lindo! Frente a tantas opções, decidi me restringir a um modelo, para partilhar com vocês, que é também o meu escolhido: São as cabeceiras pintadas ou adesivadas na parede.  Espero que vocês se inspirem também ^^.
P.S.: Prometo vir mostrar a minha quando estiver pronta =*.  


Contar carneirinhos ficou mais divertido. 





Olha essa parede! Fortes tendências a querer fazer uma igual ❤.

Uma das minhas preferidas, in love .


Cabeceira "quadro negro": Essa é ótima para que tem habilidade com o desenho. Imagina uma cabeceira nova sempre que quiser? *-* Para os alérgicos como eu, já não é tão boa ideia, ter pó de giz tão pertinho, não tem rinite que resista. 

Outra opção com o quadro negro, também super criativa, principalmente para os esquecidos e/ou que gostam de tudo organizadinho. Você já levanta e vê que está atrasado pro dentista! hahaha. 

Lousa é tendência, rs. Só digo isso.

Desenhos geométricos: amor define! E essa paleta de cores gente? Olha aquela fronha! Quero tudo. 

Um comentário:

  1. Bastante criativo! Amei as almofadas de poá e tbm a cabeceira de ''quadro negro'' hahaha valeu essas inspirações =***

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar em nosso post, sinta-se convidado a voltar mais vezes. =)